Associação Médica Canadense afirma que a poluição atmosférica causará 21 mil mortes em 2008


A Associação Médica Canadense ( Canadian Medical Association, CMA) liberou informações de um relatório predizendo que a poluição atmosférica causará a morte de 21 mil canadenses em 2008, incluindo mais de 2,5 mil que morrerão por causa de “exposição aguda de curto prazo.” Por Henrique Cortez, do EcoDebate.

As previsões para o futuro são ainda mais assustadoras. A CMA estima que entre 2008 e 2031 cerca de 710 mil canadenses irão morrer devido à exposição prolongada à poluição do ar, e que exposição aguda de curto prazo causará, no mesmo período, 90 mil mortes.

A informação é encontrada em um novo relatório, No Breathing Room: National Illness Costs of Air Pollution .

Presidente da CMA, Brian Day, afirmou que a publicação do relatório durante os Jogos Olímpicos de Pequim, que tem sido afetados por preocupações sobre o impacto da qualidade do ar na China sobre os atletas, é uma coincidência, mas canadenses não têm qualquer razão para se sentir complacentes com a qualidade do seu próprio ar.

“Ouvimos muito sobre os problemas da China, o que torna muito fácil ignorar o fato de que temos um grave problema no nosso próprio país, que terá um preço a pagar, se todos nós o ignorarmos.”

As estimativas da CMA foram desenvolvidas usando uma versão modificada de um modelo criado pela Ontario Medical Association. A CMA tem agora o modelo aplicado em nível nacional e em cada província. Em nível nacional, emprega dois poluentes “altamente preditivos” , os particulados e o ozônio de baixa altitude, para avaliar a qualidade do ar.

A avaliação do custo de doenças por poluição do ar inclue:

— A poluição do ar irá resultar em mais de 620 mil visitas aos consultórios médicos canadenses este ano e outras 30 mil visitas aos serviços de emergência.

— O impacto econômico da poluição do ar, por causa de absentismo no trabalho, o aumento dos custos de saúde e de outros fatores será superior US$ 10 bilhões neste ano e os totais acumulados entre 2008 e 2031 serão mais de US $ 300 bilhões.

— Aqueles que vivem em Ontário e Quebec terão um risco maior de morrer prematuramente por causa da poluição do ar. Eles já representam cerca de 70% dessas mortes, embora correspondam a 62% da população canadense.

— A “grande maioria” das mortes ocorrerão entre canadenses com idade superior a 65 anos. “O envelhecimento da população do Canadá, combinada com a vulnerabilidade das pessoas com mais de 65 anos, devido a doenças subjacentes, tais como doenças cardíacas, provavelmente contará para o aumento do número de mortes, durante as últimas décadas da projeção”, diz o estudo.

O estudo conclui com uma mensagem simples – que os impactos econômicos e de saúde da poluição do ar já são significativos e são vão crescer no futuro.

“Essencialmente que fornecemos é um guia para os decisores de políticas públicas, sobre em que pé estamos em termos de qualidade do ar”, disse Day “, e eles podem escolher uma de duas vias: agir agora para melhorar a qualidade do ar ou colher as conseqüências por não fazê-lo.

“Com este relatório vamos continuar a dizer que essas conseqüências serão graves.”

[EcoDebate, 16/08/2008]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: