água virtual: Cada cidadão britânico consome 4.645 litros ao dia, o que equivale a 58 banhos

Estudo realizado pelo WWF.UK avaliou o consumo britânico de água, considerando a água virtual consumida nos alimentos, vestuário, etc. O relatório UK Water Footprint: the impact of the UK’s food and fibre consumption on global water resources, apresentado durante a Semana Mundial da Água, em Estocolmo, afirma que o Reino Unido é o sexto maior importador de água no mundo. Por Henrique Cortez, do EcoDebate, com informações do WWF.UK .

A média de uso doméstico da água, no Reino Unido, é de cerca de 150 litros por pessoa por dia, mas, considerando a água virtual, o consumo é 30 vezes maior, chegando a 4.645 litros por dia. Apenas 38% da água consumida no Rino Unido provém de seus próprios recursos hídricos; o resto depende da água de outros países.

Apenas Brasil, México, Japão, China e Itália, em termos de volumes totais, são maiores importadores de água virtual agrícolas do que o Reino Unido. No entanto, se o consumo for considerado em base per capita a avaliação de posição muda muito.

Segundo o WWF, os países mais pobres, normalmente, consomem 1.000 litros de água virtual por dia.

Dietas diferentes têm diferentes pegadas de água. A carne e produtos lácteos, como base de dieta, consome cerca de 5.000 litros de água virtual por dia, enquanto uma dieta vegetariana utiliza cerca de 2.000 litros.

“Com os modernos padrões de consumo, as empresas e os consumidores estão, inadvertidamente, contribuindo para a morte lenta de alguns dos mais importantes do mundo rios”, adverte o WWF, “e nós podemos não ser capazes de depender deste fornecimento mesmo em um futuro próximo”.

Os especialistas, nesta semana a Semana Mundial da Água, estão, cada vez mais, falando de água doce como “o novo petróleo”, um recurso finito que está se esgotando em algumas áreas e irá tornar-se mais e mais caro, com impactos sociais e econômicos, considerando o consumo e os preços.

O relatório identifica a Espanha, os países do norte Africano (incluindo o Egito e Marrocos) , África do Sul, Israel, Paquistão e Uzbequistão como países que enfrentam estresse hídrico e, mesmo assim, abastecem o Reino Unido com parte substancial das exportações de sua água.

Um tomate de Marrocos incorpora 13 litros de água, enquanto que os diversos ingredientes em uma xícara de café “usam” 140 litros. Uma camisa feita de algodão cultivado no Paquistão ou Uzbequistão algodão – e, possivelmente, a partir de água do rio Indo ou dos rios que alimentam o Mar de Aral, na Ásia Central – consome até 2.700 litros de água.

Algodão produzindo o Paquistão tem experimentado, recentemente, o seu índice mais baixo de produção pela redução da disponibilidade da água e o rio Indo, muitas vezes, seca antes de chegar ao mar. Isso afeta as comunidades e habitats críticos no delta do Indo. A super-exploração do Mar de Aral, para irrigação dos campos de algodão, levou à perda de 60% da sua superfície e de 80% do seu volume nos últimos 40 anos.

O WWF pede, também, que as empresas promovam o uso sustentável da água em áreas onde a água é escassa.

O relatório, no formato PDF, está disponível na página internacional do WWF.UK. Para acessar o relatório clique aqui.

[EcoDebate, 22/08/2008]

One Response to água virtual: Cada cidadão britânico consome 4.645 litros ao dia, o que equivale a 58 banhos

  1. Pingback: Portal EcoDebate » Blog Archive » água virtual: Cada cidadão britânico consome 4.645 litros ao dia, o que equivale a 58 banhos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: