EUA: Radiação elevada obriga a evacuação de funcionários da central nuclear de Vermont Yankee


A central nuclear de Vermont Yankee, em Vermon, no estado de Vermont, foi paralisada nesta terça-feira, 26/8, em razão de falha humana na operação do sistema de purificação de água para o reator. Por Henrique Cortez*, do EcoDebate.

De acordo com Robert O. Williams, porta-voz da central nuclear, o sistema utiliza um tipo de resina em pó que filtra a água antes de a devolver ao reator. Após a remoção de contaminantes da água, as resinas são isoladas como resíduos de baixo nível radioativo, antes de serem submetidas a transferência para eliminação/estocagem. O filtro, então, retorna a operação no sistema de limpeza.

“Parece que o (filtro) não teve todo o ar removido antes de ser colocado de volta em serviço”, disse Williams, afirmando que isto causou a introdução de ar no reator.

Oxigênio no ar absorveu nêutrons produzindo uma forma de gás radioativo, o que provocou, nas principais linhas de vapor, altos níveis de radiação, equivalentes ao dobro do nível normal, de acordo com Williams.

“Não houve perigo para a segurança dos trabalhadores na instalação ou fora”, disse ele, acrescentando que os empregados não ficaram feridos. Mas, por uma questão de procedimento de segurança, os funcionários de algumas áreas da unidade foram evacuados durante cerca de duas horas, disse ele.

Não foi necessária a limpeza, disse ele, porque, através do processo de “decaimento radioativo”, o nitrogênio decai para níveis insignificantes em questão de segundos.”

Neil A. Sheehan, porta-voz da Nuclear Regulatory Commission, disse: “Não ocorreram vazamentos para o meio ambiente. Este foi um caso que envolveu radiação, com níveis maiores do que o normal, durante cerca de 10 minutos e, depois, eles começaram a tendência queda. “

Mas este problema recente representa o último de uma série de preocupações com a central nuclear. Elas incluem um vazamento, no mês de julho/2008, em uma das torres de arrefecimento e uma violação de segurança que a Nuclear Regulatory Commission relatou em maio, sem prestar maiores esclarecimentos sobre a natureza do problema.

E agosto passado, uma das torres de arrefecimento do reator entrou, parcialmente, em colapso. Nesse mesmo mês, um problema em uma turbina obrigou à paralisação da central nuclear.

Apesar da oposição da população e do grupo de vigilância nuclear New England Coalition, a Vermont Yankee Entergy, empresa controladora da central nuclear, está tentando viabilizar o prolongamento da licença de operação por mais 20 anos, além do prazo previsto para descomissionamento em 2012.


Central Nuclear de Vermont Yankee
Controlador: Entergy Nuclear Vermont Yankee, LLC
Tipo de reator: Boiling Water Reactor
Fabricante do reator: General Electric
Fabricante da turbina geradora: General Electric
Arquiteto/Engenheiro: Ebasco
Início da operação comercial: 11/72
Data final da licença de operação: 21/02/2012

* Com informações do The Keene Sentinel

[EcoDebate, 29/08/2008]

One Response to EUA: Radiação elevada obriga a evacuação de funcionários da central nuclear de Vermont Yankee

  1. Pingback: Portal EcoDebate » Blog Archive » EUA: Radiação elevada obriga a evacuação de funcionários da central nuclear de Vermont Yankee

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: