Bélgica: vazamento de iodo radioativo é classificado como de nível 3 na escala INES

No sábado passado, 23/08, passado, um vazamento de iodo radioativo foi constatado no Instituto de Radioelementos (Institut des Radioelements) de Fleurus, na região de Charleroi (sul), uma empresa que produz radioelementos utilizados, principalmente, para a detecção e o tratamento do câncer. Por Henrique Cortez, do EcoDebate, com Agências.

A produção do IRE foi suspensa na terça-feira, mas as autoridades estimaram, em um primeiro momento, que não havia grande risco para a população e o meio ambiente e não acionaram um plano de emergência.

No entanto, novas amostras coletadas, na área do laboratório, revelaram que o problema é maior que o estimado. Uma análise de amostras de grama recolhidas na quarta-feira, no entorno do laboratório , revelou “níveis de iodo radioativo mais altos” do que o apontado nos primeiros testes, destacou o Centro de Crise do Ministério belga do Interior.

A Agência Federal de Controle Nuclear belga, AFCN, considerou o incidente o mais grave já ocorrido na Bélgica, situando-o no nível três na Escala Internacional de Ocorrências Nucleares (INES), que vai até sete.

A AFCN já recomendou à população que mora na região, em um raio de 5Km o laboratório, que evitasse o consumo de frutas e legumes plantados na área e orientou os pecuaristas a retirar o gado dos pastos nos arredores do laboratório, até que se façam exames complementares.

O laboratório é o segundo maior produtor de radioisótopos médicos, em todo o mundo e ele avisou no início desta semana que os hospitais em vários países poderão enfrentar uma situação de escassez, se a sua produção permanecer parada por muito tempo.

Um acidente no nível 3 da escala INES é considerado grave e exigiria imediata ativação de procedimentos de emergência, o que não ocorreu por falha da avaliação inicial. As falhas de comunicação e omissão deliberada da intensidade dos acidentes comprometem, ainda mais, a credibilidade do setor, de segurança nuclear, já abalada por falhas de segurança e controle na França e na Espanha.

[EcoDebate, 30/08/2008]

One Response to Bélgica: vazamento de iodo radioativo é classificado como de nível 3 na escala INES

  1. Pingback: Portal EcoDebate » Blog Archive » Bélgica: vazamento de iodo radioativo é classificado como de nível 3 na escala INES

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: