OMS alerta para os riscos à saude em razão das mudanças climáticas


Especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS) defendem um programa de pesquisas baseado em evidências e orientado para o impacto das mudanças climáticas na saúde pública. O plano é baseado em uma revisão do que se sabe sobre os riscos das mudanças climáticas sobre a saúde. Ele foi desenvolvido pela Organização Mundial da Saúde com mais de 80 pesquisadores da linha da frente na área das mudanças climáticas e a saúde, juntamente com representantes de doadores e outras agências das Nações Unidas. Por Henrique Cortez*, do Ecodebate.

“Muitas agências, incluindo a OMS, tem enfatizado os perigos das mudanças climáticas na saúde”, disse o Dr. Margaret Chan, Diretora-Geral da OMS. “Os 193 Estados-membros da OMS pediram para ajudar a fortalecer a base necessária para a ação política.”

Na última década, desenvolveu-se um crescente reconhecimento de que as mudanças climáticas acarretam um risco significativo ao bem-estar humano, mas, ainda assim, as pesquisa ainda são insuficientes e com pouca atenção aos seus efeitos sobre a saúde. Os artigos científicos, que descrevem as ligações entre mudanças climáticas e a saúde são oito vezes menos numerosos do que aqueles relacionados à poluição do ar e cerca de 40 vezes menos numerosos do que os relacionados com o consumo de tabaco.

O plano visa contribuir para a aceleração, foco e intensificação das pesquisas sobre as mudanças climáticas e a saúde, a fim de reforçar as bases científicas que serão discutidas na 15 ª Conferência das Partes das Nações Unidas (COP15), que será realizada em Copenhagen, em dezembro de 2009, para que os líderes mundiais celebrem um novo acordo global sobre mudanças climáticas para suceder o Protocolo de Quioto.

O plano identifica quatro áreas prioritárias, a saber:

* As interações com outros fatores determinantes e as tendências que afetam a saúde: As mudanças climáticas não estão agindo no vácuo. É imperativo para entender melhor como as mudanças climáticas afetam outras tendências importantes e determinantes para a saúde, como desenvolvimento econômico, globalização, urbanização e exposição a riscos para a saúde e acesso aos cuidados médicos.

* Efeitos diretos e indiretos: Muito se sabe sobre os impactos de curto prazo das mudanças climáticas sobre a saúde. É necessário continuar a caracterizar os efeitos de longo prazo, como o aumento das secas, diminuição dos recursos de água doce e deslocamento de populações. Tais efeitos vão desde a saúde mental, riscos de conflitos. Além disto, é necessária atenção especial para com as crianças e outros grupos vulneráveis.

* Eficácia comparativa das intervenções de curto prazo: Diferentes países têm adotado uma série de abordagens às ameaças para a saúde, relacionados com as mudanças climáticas, tais como as ondas de calor e inundações. Avaliação comparativa dos resultados pode ajudar a classificar a eficácia das intervenções.

* A avaliação dos efeitos na saúde das políticas dos diversos setores da saúde: é uma necessidade urgente de uma rápida avaliação dos impactos na saúde de medidas específicas de prevenção (redução) de adaptação às mudanças climáticas e políticas de outros setores, incluem, por exemplo, os efeitos potencialmente negativos de promoção dos biocombustíveis na segurança alimentar e na desnutrição, e os efeitos potencialmente positivos das políticas de energia sustentável.

* Fortalecimento dos sistemas de saúde contra os efeitos das mudanças climáticas: Na maioria das intervenções, nos sistemas de saúde, para responder às mudanças climáticas ocorreram nos serviços básicos de saúde pública. É necessário identificar as formas mais eficazes para implementar estratégias preventivas e integradas de saúde públic,a para reduzir não só as ameaças relacionadas com o clima, mas também todos os riscos de saúde ambiental.

* Com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS)

[EcoDebate, 20/10/2008]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta que envie um e-mail para newsletter_ecodebate-subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

One Response to OMS alerta para os riscos à saude em razão das mudanças climáticas

  1. Pingback: Portal EcoDebate » Blog Archive » OMS alerta para os riscos à saude em razão das mudanças climáticas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: