EUA: Termina o descomissionamento da usina nuclear Trojan, mas permanecem os resíduos radioativos

Torre da central nuclear de Trojan, em 2006, antes da demolição
Torre da central nuclear de Trojan, em 2006, antes da demolição

O longo, complicado e caro processo de descomissionamento de uma usina é um dos temas que constrangem os defensores da energia nuclear. Na maioria das vezes, evitam discutir o assunto. O caso da central nuclear Trojan, às margens do rio Columbia é uma clara demonstração dos motivos. Por Henrique Cortez, do Ecodebate.

Esta semana, a Portland General Electric, PGE, operadora da central nuclear, declarou, formalmente, o encerramento do processo de descomissionamento, com a total demolição do edifício de contenção e retirada do entulho.

A demolição foi um dos últimos passos em um processo de descomissionamento que se iniciou com a desativação da central em 1993. Esta é a primeira usina nuclear, de escala comercial, a ser descomissionada.

Tudo o que restou da instalação nuclear, que começou a funcionar em 1976, são as barras de combustível radioativo, contidos em containeres, no depósito de segurança da usina. Os resíduos vão permanecer no local até que o depósito federal de resíduos radioativos de Yucca Mountain entre em operação.

A torre de resfriamento foi implodida em 2006 e, em 2007, foi implodido o edifício de contenção, que continha a sala de controle, a turbina de geração e as áreas de armazenamento de combustível.

Entretanto, permanece em aberto que fazer com a área de 256 hectares, principalmente enquanto os resíduos permanecerem no local.

A central, provavelmente, não será substituída por outra central nuclear porque, em 1980, um plebiscito no estado do Oregon, decidiu que seria ilegal a construção de instalações nucleares sem que fosse definida, claramente, a destinação final dos resíduos e, mesmo assim, com formal aprovação da população.

A própria PGE oferece excelentes informações para a compreensão da complexidade de um descomissionamento.

Para acessarem o relatório cliquem aqui

Para acessarem às fotos e o vídeo da demolição cliquemaqui

[http://www.ecodebate.com.br/index.php/2008/12/01/eua-termina-o-descomissionamento-da-usina-nuclear-trojan-mas-permanecem-os-residuos-radioativos/, 29/11/2008]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta que envie um e-mail para newsletter_ecodebate-subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

One Response to EUA: Termina o descomissionamento da usina nuclear Trojan, mas permanecem os resíduos radioativos

  1. Pingback: Portal EcoDebate » Blog Archive » EUA: Termina o descomissionamento da usina nuclear Trojan, mas permanecem os resíduos radioativos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: