NAFTA pode impedir o Canadá de banir agrotóxico

ácido 2,4 diclorofenóxiacético. Imagem da Wikipedia
ácido 2,4 diclorofenóxiacético. Imagem da Wikipedia

[Por Henrique Cortez, do EcoDebate] Os tratados de livre comércio, tal como o NAFTA, na verdade, são concebidos para favorecer aos interesses da economia dominante. O México já sentiu o ‘peso’ do NAFTA diversas vezes e agora, ao que parece, pode ser a vez do Canadá.

Há poucos meses a província de Quebec baniu o herbicida 2,4-D (ácido 2,4 diclorofenóxiacético) e, em razão disto, enfrenta um processo aberto pela Dow AgroSciences, com base no argumento que a proibição viola os princípios do NAFTA, uma vez que o herbicida é exportado, produzido e utilizado nos EUA sem restrições.

Leia mais deste post

A ineficiência energética é crescentemente insustentável

[Por Henrique Cortez, do EcoDebate] A demanda por energia cresce em escala bem maior do que a população, principalmente em razão de processos produtivos ineficientes, em razão da obsolescência tecnológica e dos subsídios.

O interesse econômico no desenvolvimento industrial, desde o início do século XX, condicionou os subsídios ao custo da energia adquirida pela industria e, ao longo do tempo, isto, no longo prazo, estimulou a obsolescência tecnológica dos processos produtivos.

Em recente artigo [Thermodynamic Analysis of Resources Used in Manufacturing Processes], pesquisadores do Departamento de Engenharia Mecânica do MIT, Massachusetts Institute of Technology, analisaram 20 dos maiores processos de produção industrial, identificando que a demanda por energia, mesmo em processos modernos, atinge níveis alarmantes.

Leia mais deste post

Um quatro da população mundial depende diretamente de terras degradadas

Pasto degradado
Pasto degradado

[Por Henrique Cortez, do EcoDebate] As áreas degradadas estão em expansão em todo o mundo e isto é uma séria ameaça à segurança alimentar. De acordo com a FAO, em razão do declínio a longo prazo na função e na produtividade de um ecossistema, a degradação do solo está aumentando em gravidade e extensão, afetando mais de 20% das terras agrícolas, 30% das florestas e 10% dos pastos.

Um novo estudo [Proxy global assessment of land degradation], publicado na edição online da revista Soil Use and Management confirma as informações da FAO e estima que 24% da população mundial vive no entorno de áreas degradadas e depende diretamente da sua capacidade de produção.

Leia mais deste post

EUA: Estudo avalia a contaminação da água de poços domésticos

contaminação de poços domésticos nos EUA

[Por Henrique Cortez, do Ecodebate] A potencial contaminação da água de poços domésticos é uma preocupação crescente nos EUA, considerando que 43 milhões de norte-americanos são consumidores desta fonte de água.

Em 2008, o estado de Nova Jérsei publicou um detalhado estudo [Well Test Results for September 2002 – April 2007] que avaliou 2209 poços, constatando a contaminação radioativa, chamada no relatório “gross alpha particle activity.” A expressão “gross alpha” não se refere especificamente a um contaminante, mas a um grupo de elementos radioativos encontrados na água potável.

O conjunto de violações mais comuns, através da amostragem, demonstraram níveis elevados de arsênio ou arsênico, encontrado em 1445 poços; nitratos, encontrados em 399 poços; coliformes fecais ou E. coli, encontrados em 1136 poços; compostos orgânicos voláteis, encontrados em 702 poços e mercúrio, encontrado em 215 poços.

Leia mais deste post

Estudo confirma a contaminação de peixes por medicamentos nas principais cidades dos EUA

medicamentos

[Por Henrique Cortez, do EcoDebate] Pesquisas cientificas vem, crescentemente, demonstrando a contaminação dos recursos hídricos e de alimentos por compostos químicos, agrotóxicos, hormônios sintéticos, etc. Os niveis autuais já são alarmentes e, aparentemente, tendem ao crescimento.

Uma nova pesquisa [Occurrence of pharmaceuticals and personal care products (PPCPs) in fish: Results of a national pilot study in the U.S], publicada na edição online da revista Environmental Toxicology and Chemistry, testou a presença de medicamentos em peixes de algumas das maiores cidades dos EUA, confirmando que eles eram um coquetel de produtos farmacêuticos.

Leia mais deste post

Pesquisa confirma a importância das reservas particulares como ‘ferramenta’ conservacionista

mosaico, APP/RL

[Por Henrique Cortez, do EcoDebate] Pesquisa [The Growth of Easements as a Conservation Tool] publicada na revista online Plos ONE confirma que as reservas particulares, no artigo tratadas como servidões de uso, são importantes ações para a conservação de áreas naturais preservadas.

Nos EUA, a servidão de uso, para conservação, permite que sejam criadas restrições de uso de parte de uma propriedade, visando proteger os seus recursos associados. Ela cria um acordo legalmente vinculativo sobre os limites de determinados tipos de utilizações, mantendo a propriedade privada. Em certo sentido, guarda semelhanças conceituais com a RPPN – Reserva Particular do Patrimônio Natural que, no Brasil, é uma área privada, gravada com perpetuidade, com o objetivo de conservar a diversidade biológica.

Leia mais deste post

Mudanças climáticas podem aumentar a poluição por nitrogênio

zonas mortas
Fonte da imagem: World Resources Institute

[Por Henrique Cortez, do EcoDebate] Os diversos cenários para as mudanças climáticas indicam que ocorrerá, em escala global, uma modificação no regime de chuvas, sendo que em algumas regiões o período chuvoso será menor, mas com maior precipitação. Ou, de outra forma, choverá mais em menos tempo. Se isto ocorrer em áreas agrícolas, um dos resultados possíveis será o aumento da poluição por nitrogênio e, por consequência, um aumento ainda maior nas zonas mortas oceânicas.

Esta é a conclusão do estudo “Influence of Climate and Human Activities on the Relationship between Watershed Nitrogen Input and River Export”, publicado na revista online Environmental Science & Technology.

Leia mais deste post