bisfenol-A(BPA): Ao contrário do que diz a Abiquim já existem estudos científicos dos riscos à saúde

[Por Henrique Cortez, para o EcoDebate] Recentemente o MPF/SP instaurou inquérito para apurar riscos da substância bisfenol-A (BPA) à saúde, tendo em vista as crescentes preocupações mundiais com os reconhecidos riscos desta substância.

Como não poderia deixar de ser, a Abiquim imediatamente negou que os riscos existam.

[Leia na íntegra]

Sequestro de carbono no subsolo ou nos oceanos, uma alternativa pouco eficaz e com muitos riscos

[Por Henrique Cortez, para o EcoDebate] A ideia de sequestrar carbono atmosférico está ganhando apoio como uma forma de evitar ou minimizar o aquecimento global. A título de exemplo, a União Europeia vai investir 1 bilhão de euros, dentro dos próximos dez anos, para desenvolver a captura e armazenamento de CO2, em usinas de energia e e outras atividades com grande emissão, para armazenamento no subsolo.

Mas até que ponto este procedimento é eficaz e quais são as consequências de longo prazo no caso de escape do CO2 capturado para os oceanos e atmosfera? Uma nova pesquisa [Long-term effectiveness and consequences of carbon dioxide sequestration], publicada na revista científica Nature Geoscience, tenta discutir estas questões.

Em tese, a utilização em grande escala de sequestro de carbono pode ajudar a evitar o aquecimento global extremo, que ocorreria no futuro próximo, se as emissões de CO2, a partir da queima de combustíveis fósseis, não forem reduzidas significativamente.

[Leia na íntegra]

Grãos perenes, a próxima revolução na agricultura

Trigo perene. Foto: WSU
Trigo perene. Foto: WSU

Entrevista com o pesquisador Kevin Murphy, da Washington State University (WSU).

[Por Henrique Cortez, para o EcoDebate] Lavouras de grãos perenes, que crescem com menores quantidades de fertilizantes, herbicidas, combustível e menor erosão do solo do que os grãos plantados anualmente, poderiam estar disponíveis em duas décadas, de acordo com estudo [Increased Food and Ecosystem Security via Perennial Grains] publicado na revista Science.

O desenvolvimento de grãos perenes seria uma das maiores inovações na história da agricultura, mas ainda depende pesquisas e investimento nos atuais programas de melhoramento das espécies potencialmente promissoras.

A questão é delicada e polêmica, em termos de economia global baseada na exportação de produtos agrícolas e enfrenta resistências na agroindústria e na indústria agroquímica. Os autores do estudo destacam que grãos perenes poderiam ampliar a capacidade dos agricultores em sustentar as bases ecológicas de suas colheitas.

[Leia na íntegra]

Disruptores endócrinos remanescentes após tratamento de águas residuais podem feminizar peixes

[Por Henrique Cortez, para o EcoDebate] Estudo, apresentado durante a 92a reunião anual da Endocrine Society, neste domingo em San Diego, Califórnia, EUA, avaliou a performance da estação de tratamento em Boulder, Colorado, antes e depois de uma atualização de tecnologia para reduzir contaminantes químicos na água tratada.

Os disruptores endócrinos, mesmo em níveis considerados baixos, podem feminizar os peixes e, eventualmente, podem perturbar o sistema endócrino (hormonal) de animais e seres humanos. É o que afirma o pesquisador David Norris, PhD, professor de fisiologia integrativa da Universidade do Colorado em Boulder.

[Leia na íntegra]

Efeitos das mudanças climáticas nos oceanos podem ter impactos desastrosos

Efeitos das mudanças climáticas nos oceanos podem ter impactos desastrosos
Créditos:
(A) NOAA Laboratory for Satellite Altimetry;
(B) Colorado Center for Astrodynamics Research (www.sealevel.colorado.edu) (E. Leuliette, R. Nerem, G. Mitchum, Mar. Geod. 27, 79 (2004).);
(C) C. Landsea, G. Vecchi, L. Bengtsson, T. Knutson, J. Clim. 34, (2010);
(D) National Snow and Ice Data Center, Boulder, CO

[Por Henrique Cortez, do EcoDebate] A primeira síntese abrangente sobre os efeitos das mudanças climáticas sobre os oceanos planete demonstra um ritmo de mudanças sem equivalente por milhões de anos.

Em um artigo [The Impact of Climate Change on the World’s Marine Ecosystems] publicado na revista Science, os cientistas revelam que a crescente concentração atmosférica de gases de efeito estufa, produzidos pelo homem , provocam alterações irreversíveis e dramáticas no funcionamento do oceano, com impactos potencialmente desastrosos para centenas de milhões de pessoas em todo o planeta.

[Leia na íntegra]

Crise ambiental ou civilizacional? palestra de Henrique Cortez, na 1a Semana Interinstitucional do Meio Ambiente

Cortez prega disseminação de informações para mudar a sociedade. Foto: Ana Paula Aprato/JC
Cortez prega disseminação de informações para mudar a sociedade. Foto: Ana Paula Aprato/JC

Cortez quer debater conceito de desenvolvimento - Para jornalista, crise ambiental é resultado do sistema fordista

“As pessoas não podem ser responsabilizadas pelo que elas não conhecem.” Com essa frase, o jornalista* Henrique Cortez introduziu a palestra Crise Ambiental ou Civilizacional. Na visão dele, é preciso aprofundar o debate sobre o modelo de desenvolvimento que queremos para preservar a vida na Terra. “Nunca tivemos tantos meio de informação na História da Humanidade. Ao mesmo tempo, nunca tivemos tanta desinformação”, afirma.

A palestra de Cortez marcou a abertura da 1ª Semana Interinstitucional do Meio Ambiente, evento promovido em conjunto por órgãos do Poder Judiciário e pelo Ministério Público gaúcho para discutir a situação do planeta e as formas de atingirmos a tão sonhada sustentabilidade. O palestrante coordena o portal Ecodebate, um dos mais visitados da área na internet. Além disso, atua como subeditor da revista Cidadania e Meio Ambiente, publicação bimestral com tiragem de 30 mil exemplares. Reportagem de Maurício Macedo, no Jornal do Comércio, RS.

[Leia na íntegra]

Estudo indica que herbicida atrazine afeta a reprodução de peixes

Concentrações de atrazina. Fonte USGS
Concentrações de atrazina. Fonte USGS

[Por Henrique Cortez, do EcoDebate] A atrazina, um dos herbicidas mais utilizados no mundo, afeta a reprodução de peixes, segundo um novo estudo do E.U. Geological Survey (USGS).

As concentrações de atrazina, comumente encontradas em riachos e rios das regiões agrícolas, provocaram redução de reprodução e desova, bem como anomalias do tecido dopeixes, em estudos de laboratório“, disse o cientista Donald Tillitt, do USGS, o principal autor do estudo [Atrazine Reduces Reproduction in Fathead Minnow] publicado na revista Aquatic Toxicology.

Leia mais deste post